Os LEDs (diodos emissores de luz) deram aos designers de luminárias, candelabros, arandelas e lanternas um novo universo para explorar.

 

Ainda que a tecnologia esteja disponível no mercado desde o começo dos anos 1960, só recentemente os LEDs começaram a produzir a luz pura e branca necessária à iluminação doméstica.

 

De fato, faz apenas 17 anos que o designer de iluminação alemão Ingo Maurer criou sua luminária de mesa EL. E. DEE, uma placa de circuito exposta contendo 204 LEDs ligados por uma haste fina a uma base de aço inoxidável. E o setor inteiro não demorou a seguir seu exemplo.

 

“Estamos no negócio desde 2010, mas nos últimos cinco anos só usamos LEDs”, disse Jason Miller, da Roll & Hill, uma empresa nova-iorquina de iluminação. Eles operam com baixas voltagens e baixa geração de calor e oferecem mais flexibilidade.

 

“Saímos da baixa tecnologia para a alta tecnologia”, disse Craig Corona, diretor de projetos especiais de iluminação da Flos USA, uma fabricante italiana de produtos contemporâneos de iluminação. E passamos do reino elétrico ao eletrônico.

 

O LED pode deslumbrar com luzes cintilantes, controláveis por meio de um smartphone. A temperatura baixa em que ele opera permite que seja combinado a quase qualquer material. Mas o que a tecnologia oferece, acima de tudo, são soluções práticas de iluminação para a nossa maneira de viver.

 

Veja sete exemplos de sistemas de iluminação por LED que atendem às necessidades dos usuários modernos e que estão ou estarão em breve à venda nos Estados Unidos.

 

– Fonte: The New York Times

– Foto: NYT

– Reportagem: Blog Tudo Mais um Pouco / Folha de SP

https://tudomaisumpouco.blogfolha.uol.com.br/2018/06/09/lampadas-de-led-aquecem-o-mercado-de-iluminacao/

 

Você já jogou pagbet? Então você está perdendo! Faça isso agora.

Deixe um comentário