Como iluminar fachadas corretamente

Para iluminar fachadas de edifícios é preciso tomar algumas precauções.

Isso porque normalmente, para este tipo de iluminação, utiliza-se refletores de alta potência. Não em problema nenhum nisso, muito pelo contrário, refletores são equipamentos de iluminação que tem diversas qualidades. Alto poder de iluminação, fácil instalação e ótimo custo benefício.

Acontece que o posicionamento e direcionamento deve ser estudado com critério. Isso porque é muito comum observarmos refletores posicionados de maneira inadequada provocando ofuscamento da visão das pessoas.

Para evitar esse inconveniente, que ao invés de valorizar o edifício atraindo os olhares das pessoas, acaba por afastar o interesse já que o ofuscamento é incômodo.

Posicionar e direcionar corretamente os refletores é o segredo para obter uma fachada bem iluminada e as pessoas livre de ofuscamento.

A regra é simples. Ilumine as coisas e não as pessoas.

Veja na ilustração abaixo com é fácil resolver essa questão.

Na primeira imagem (esquerda), ao direcionar a iluminação para a direção das pessoas o foco de luz do refletor vai de encontro com o campo de visão da pessoa. Isso gera muito ofuscamento. Além de ser incômodo, aumenta o risco de acidentes, pois um refletor de alta potência direcionado incorretamente pode cegar impedir que a pessoa veja onde está pisando, podendo levar a tropeções e quedas.

Na segunda imagem (direita), o suporte afasta o refletor da parede, possibilitando que o mesmo seja direcionado para a fachada, evitando assim o ofuscamento e iluminando o que deve ser iluminado, a fachada.

Parece simples, mas é muito comum ver erros desse tipo por ai.

Para saber mais sobre iluminação de fachadas, como por exemplo quantos refletores são necessário, a potência ideal, etc., entre em contato com um dos nossos consultores especializados em iluminação  via WhatsApp clicando aqui